sábado, maio 14, 2016

RUA CLOVERFIELD, 10

NA CLAUSURA

"Rua Cloverfield, 10" é um ótimo suspense de clausura, aquela típica situação onde lá fora esta ruim, aqui dentro esta pior ainda.
Mas eu acho que quem nunca assistiu algo semelhante irá se divertir mais ainda.
Não que a existência de outros filmes  que tratam do mesmo tema  tire por completo a diversão deste, mas é óbvio que o impacto da novidade devido a semelhança meio que se esvai.
Para quem assistiu filmes  como "O Nevoeiro", "Ensaio sobre a Cegueira" e tantos outros, vai estar familiarizado com a situação aflitiva.
Outra coisa que vale ser ressaltada, não se trata exatamente de uma continuação de "Cloverfield" feito em 2008 ou mesmo um prequel, são filmes que utilizam talvez o mesmo universo ou pano de fundo, mas nem isso fica muito bem explicado.
O importante é saber que algo muito estranho acontece no planeta, e que 3 personagens se veem trancafiados em um banker.
O dono do lugar é Howard (John Goodman) que mescla candura e maluquice na mesma dose, um personagem que evoca a Annie Wilkes de  "Louca Obsessão", também brilhantemente interpretada por Katy Bates.
Já dá pra imaginar pra onde "Rua Cloverfield, 10" vai parar, com as desconfianças e paranoia que Howard provoca: afinal, ele é um maluco com o parafuso soltou que só diz bobagens para manter Michelle (Mary Elizabeth Winsted) e Emmet (John Gallagher Jr) prisioneiros?
"Rua Cloverfield, 10" vai responder todas as questões aos poucos e manterá qualquer um na beira da poltrona até o fim.
É uma pena que essa sensação de "já vi isso antes" permaneça durante o filme inteiro, no entanto, esta longe de tirar suas muitas qualidades.
NOTA ____8,0
Compartilhar:

0 comentários:

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores