quinta-feira, outubro 08, 2015

WILLOW CREEK

PÉ-GRANDE

Acho que todo mundo conhece a lenda do Pé-Grande e seus supostos vídeos e fotos reais.
A criatura já esta no imaginário de todos nós, algo como também o monstro do Lago Ness e a variação Yeti, o conhecido Abominável Homem das Neves.
Esse fato já ajuda "Willow Creek" de cara pois como sabemos do que se trata a lenda, a experiência em assistir o filme se torna mais interessante.
Mas estamos diante de mais um documentário falso e "Willow Creek" segue a cartilha de "A Bruxa de Blair" à risca, incluindo todas as etapas de contar a história que é semelhante demais.
Mudando de lenda, o que temos aqui é praticamente a mesma trama.
Aqui temos um casal de namorados que esta seguindo os passos dos pesquisadores que filmaram o suposto Pé-Grande em 1967. A primeira parte do filme intercala as conversas divertidas entre os dois e entrevistas com moradores e guias turísticos da cidadezinha que vivem financeiramente ao redor da lenda.
Até que resolvem acampar muito perto da onde a criatura foi vista, em meio a floresta densa e logo na primeira noite sussurros, gritos e passos são ouvidos para desespero de ambos.
Como se  percebe , a estrutura do roteiro é muito parecida com "A Bruxa de Blair", o que pode causar um sensação incômoda de 'deja-vú'.
No entanto, há no filme também os mesmos pontos positivos do clássico como a deixa para o público imaginar junto com os personagens que tipo de perigo ronda a noite.
A longa cena em que o casal escuta os barulhos sinistros é de uma aflição potente, deixando a plena sensação de que estamos juntos na barraca e imaginando coisas bem piores do que pode estar lá fora.
"Willow Creek" sabe que a nossa imaginação pode ser pior do que a realidade e aliada a isso o filme cresce, mesmo  quando o desfecho deixa mais perguntas que respostas, nos deixando com cara de interrogação.
Se não houvesse "A Bruxa de Blair", tenho certeza que esse filme se destacaria muito mais, mas do jeito que são as coisas , acaba ficando sob a sombra do clássico.
Uma curiosidade: um dos diretores de Blair também filmou uma produção sobre o Pé-Grande, no entanto  o resultado é tão ruim que fica muito abaixo desse.
Que ironia.

NOTA ___8,0
Compartilhar:

0 comentários:

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores