segunda-feira, janeiro 26, 2015

BIRDMAN (OU A INESPERADA VIRTUDE DA IGNORÂNCIA)

ALTER EGO


Eu acho que o cineasta Alejandro Gonzalez-Iñárritu aprendeu a não ser tão pesado como uma rocha em suas histórias. Vejamos o seu trabalho anterior, o complicado e deprê "Biutiful" que de tão "denso" engessava o roteiro. 
Houve também alguns outros trabalhos notáveis mais invarialvemente bem pesadões.
Com "Birdman (ou a Inesperada Virtude da ignorância)" ele aprendeu a relaxar, e não por acaso, esse é o melhor dentre todos do cineasta.
E nem por isso ele deixa de ser um filme complexo, com nuances e camadas em seus curiosos personagens. 
Mas desse vez, o peso não se sobressai, não se impõe. E o que temos é um produto de primeira categoria.
Michel Keaton é Riggan Thomson, um ator que outrora fez um sucesso danado em filmes de super-herói estilo o Batman (óbvio que não é à toa a escolha do ator para o personagem.)
No entanto, desde então, ele andou no ostracismo e planeja sua volta aos holofotes produzindo, atuaando e dirigindo uma peça renomada.
Mas há inumeros problemas nos bastidores. Desde a entrada de um ator de nariz em pé (Edward Norton, que esta ótimo!), a relação de Riggan com sua filha (a também ótima Emma Stone), uma taciturna critica teatral que promete arruinar a peça (Lindsay Duncan)...
Outros personagens vão se mostrando ao longo de "Birdman" e pasmem, ninguém esta fora do tom, ninguém aparece mais que outro. e de algum jeito espetacular , todos entregam atuações afiadíssimas.
"Birdman" é sim um daqueles exemplos de filmes que cada um começa a interpretar de seu jeito único. E um leque de opções não faltam para que especulações sejam criadas a partir do seu intirigante desfecho.
E o mais bacana é que Iñárritu compreendeu que não precisou soar dramaticamente pesado para que seus personagens exalassem complexidade e uma tonelada de mal resolvidos sentimentos.
O toque fantasioso permeando "Birdman" intensifica ainda mais a realidade criada por esse novo Iñárritu. 
NOTA       10
Compartilhar:

1 comentários:

Danielle Salim disse...

Esse filme dá vontade de dar mais do que dez de tão genial e espetacular que ele é;

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores