domingo, janeiro 18, 2015

AS HORAS FINAIS

ARMAGEDDON


Essa obsessão com o fim do mundo no cinema é mais velha que andar pra frente.
Já teve de tudo que se pode imaginar de ameaça para o fim da humanidade. Meteoros, zumbis, epidemias, monstros, animais e até carros que ganham vida.
"As Horas Finais" parece saber que não dá pra inventar muita coisa nesse terreno pra lá de explorado e com seus clichês, tenta dá uma repaginada nesse clássico tema.
E deu super certo!
É um filme que tem sim seus defeitos mas sabe fazer do limão uma deliciosa limonada apocaliptíca.
James (Nathan Philips) deixa sua amante e vai curtir o fim inevitável da humanidade numa super rave. O objetivo é encontrar sua namorada e ficar bem chapado.
No trajeto para a festa, ele salva uma garotinha de uma dupla de tarados e resolve ajuda-la a encontrar seu pai.
Um elo forte é formado pela parceria, e o que James tinha planejado para o seu fim é completamente mudado muito por conta da menina.
O forte de "As Horas Finais" é realmente a química entre a dupla principal, tanto Nathan Philips e Angorie Rice parecem realmente sentir uma necessidade da companhia um do outro, a taboa de salvação depois de tanta perda pelo caminho.
"As Horas Finais" também não perde tempo tentando explicar muito a causa da devastação do Planeta Terra. Tudo que sabemos é que um meteoro caiu e uma onda de calor e fogo causada pelo impacto esta se aproximando.
Nada de heroísmo, nada de achar uma solução e evitar o desastre.
O que importa mesmo são as decisões e transformações nos personagens diante do fim, diante da certeza que irão morrer.
Até a cena final, mais que possa parecer um "deja-vú" de outros filmes, tem sua beleza.
NOTA __   8,0
Compartilhar:

0 comentários:

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores