quinta-feira, agosto 21, 2014

PALO ALTO

O TÉDIO


Gia Coppola estréia na direção com esse curioso filme teen com jeitão de virar cult daqui a alguns anos. Logo dá para perceber que a sua maneira de dirigir lembra muito o de Sofia Coppola, tanto que foi impossível não lembrar de "Bling Ring" ou "As Virgens Suicídas" durante toda a projeção de "Palo Alto".
O filme também possui algo que é bem caracteristico dos filmes de Sofia, o tédio permeando a vida de jovens e a total falta de perpectiva na vida..
Baseado no livro de James Franco, "Palo Alto" segue retratando o mararmo na vida de alguns adolescentes. A protagonista April (Emma Roberts) é babá do filho de Mr. B (James Franco) que é também seu professor de educação física. Ela tenta disfarçar que há uma atração acorrendo entre os dois, paralelamente April tem uma relação mal resolvida com Teddy (Jack Kilmer) que vive se metendo em confusão graças a seu colega Fred (Nat Wolf) que é um dos garotos da escola mais insuportáveis de se conviver.
É inegável que Gia possui um talento nato, sua câmera é esperta e sempre capta algum detalhe que fará muita diferença nas cenas. Sua sensibilidade em não filmar o óbvio é louvável e "Palo Alto" ganha contornos mais profundos e questionadores.
Mesmo assim, senti falta de uma aproximação maior com o público. Uma ponte que aproximasse os personagens (principalmente a garota protagonista) para mais perto dos telespectadores. 
Talvez seu jeito blasé em excesso não tenha conseguido que surgisse uma simpatia ao longo de "Palo Alto".
Uma falta de indentificação, uma falta de interesse pelo o que ocorrerá com os personagens surge lá pela metade do filme.
Se esse desdém foi proposital, o objetivo de Gia foi alcançado perfeitamente.
Mas não é o caso de deixar de conferir "Palo Alto", de forma alguma.
NOTA 8,0.
Compartilhar:

0 comentários:

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores