quinta-feira, agosto 28, 2014

OS HOMENS SÃO DE MARTE... E É PRA LÁ QUE EU VOU!

SEX AND THE CITY

Definitivamente a comédia é o gênero mais popular no Brasil. Entre os filmes nacionais, invariavelmente haverá sempre alguma produção desse gênero entre os mais assistidos.
O que percebo é que há muita injustiça também.
O que quero dizer é que muita comédia sem graça, mal feita e mal produzida acaba se dando bem nesse processo todo, aproveitando-se da falta de discernimento do público de uma maneira geral.
Diante de tanto exemplo deplorável, "Os Homens são de Marte... e é pra lá que eu Vou!" se destaca por parecer cinema de verdade. 
Como também aconteceu com o super sucesso "Minha mãe é uma Peça", aqui há uma preocupação em parecer um filme e existe um cuidado com a direção, com os diálogos e com as interpretações.
E claro, é uma comédia realmente engraçada.
Baseado numa peça de sucesso protagonizada por Mônica Martelli, "O Homens são de Marte..." também se beneficia pela afinidade do texto que Mônica naturalmente possui.  Os anos no palco acabou fazendo com que a atriz se tornasse uma profunda conhecedora das neuroses da personagem o que faz toda a diferença na qualidade da interpretação.
Fernanda é uma organizadora de casamentos que não esconde de ninguém e nem pra si que precisa sim de um relacionamento.
Durante sua jornada em conhecer algum homem compativel ela esbarra com alguns tipos bem próximos da realidade.
Talvez por "Os Homens são de Marte...' se distanciar um pouco da comédia escrachada estilo "zorra total" e parecer um versão  de "Sex and the City" tupiniquim, seja o agradável diferencial.
Mas o diretor Marcos Baldini (de "Bruna Surfistinha") acerta até na escalação do elenco coadjuvante que esta formidável. (Irene Ravache, Ana Lúcia Torre, Paulo Gustavo...)
Dá até pra perdoar o final bobinho e pueril.

NOTA 8,0
Compartilhar:

0 comentários:

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores