terça-feira, fevereiro 04, 2014

A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS

A MORTE & A LADRA

A esperada adaptação cinematográfica do best-seller de Markus Zusak finalmente toma forma. E é bacana constatar que o diretor Brian Percival seguiu a risca muita coisa do material original, mesmo ficando abaixo do livro.
"A Menina que roubava livros"  começa exatamente com as palavras da narradora dos acontecimentos: A Morte. 
É exatamente o melhor que o livro tinha a oferecer o que aqui ficou faltando, a narração da Morte tinha um tom sarcarstico e inebriante que nos conduzia mesmo quando nos era apresentado personagens desinteressantes.
No filme, acompanhamos Liesel Meminger (Sophie Nelisse) chegando na casa dos pais adotivos numa Alemanha dominada pelo nazismo. Lá ela acaba tentando se adaptar a sua nova realidade e aprende de verdade o perigo que o nazistas e Hitler representavam.

O trunfo do filme é mesmo o elenco. Geoffrey Rush e Emily Watson brilham no papel dos pais adotivos de Liesel , Nellise como a ladra de livros também não compromete assim como o elenco restante.
Mas, além da falta que a narração da Morte faz, não senti a história pulsar de emoção do jeito que senti quando li o livro.
É inevitável fazer a comparação e sei que os dois materiais diferem justamente pela forma de apresentar a história.
Todavia, fiquei com a impressão de que se não tivesse lido o livro anteriormente, talvez gostasse mais do filme.
Ainda mais sabendo que algumas passagens pungentes acabaram ficando de fora.
NOTA 8,0
Compartilhar:

0 comentários:

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores