terça-feira, outubro 29, 2013

UMA NOITE DE CRIME


VIOLÊNCIA GRATUITA

Imaginem só um bom argumento se transformar em um filme com medo justamente do seu argumento.
Pois é essa a impressão que tive ao analisar "Uma Noite de Crime" depois dos créditos finais. 
A trama prometia mais e renderia mil e uma situações realmente incomodas, mas o diretor preferiu não querer ir além do esperado, entregando um produto facilmente ingerido por adolescentes crescidos na era dos filmes de terror politicamente corretos.
Tentem imaginar num futuro não tão distante, uma única noite onde todos os crimes praticados não terão punição.
Uma única noite onde você poderá matar, estuprar, roubar e seja lá mais o que for , livre de correr o risco de ser preso. 
É nessa realidade que vivem a família de Ethan Hawke, pessoas burguesas que se protegem da violência com um sistema moderno de clausura anti-noite-de-crime.
Mas quando um sujeito alvo dos psicopatas se abriga na casa da família, o bicho pega e a proteção se mostra falha em todos os sentidos.
pra sacar a critica social embutida no roteiro que o cineasta James DeMonaco quer destacar, o fato do sujeito abrigado pela família ser negro não é por acaso.
Mas, seja como for, cadê a tensão e o suspense?
Criticas sociais são bem vindas, mas sinceramente nesse genero o que tem que se sobressair é a aflição que o ótimo argumento poderia trazer.

Compartilhar:

0 comentários:

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores