quinta-feira, setembro 05, 2013

GUERRA MUNDIAL Z

MAR DE GENTE

É broxante saber que a maior bilheteria de um filme estrelado por Brad Pitt seja esse. 
"Guerra Mundial Z" é uma ironia, pois supostamente é uma produção de terror sobre zumbis, mas não causa medo ou aflição alguma. Aliás vou além,  classifica-lo como mais um filme de zumbi é uma blasfêmia .
A adaptação do livro de Max Brooks, já tinha dado o que falar devido os problemas no set de filmagem e a reclamação dos leitores-fãs devido a pouca fidelidade.
Quando foi lançado, "Guerra Mundial Z" não decepcionou nas bilheterias e os envolvidos com o projeto devem ter soltado um grito de alegria depois de tantos problemas.
Eu particularmente não gostei de muita coisa. A começar pelos "zumbis" criados por computador e a forma como eles se apresentam aqui. É uma massa uniforme, um mar de gente computadorizado que não causa desespero ou repulsa. Lembra um pouco as criaturas de "Eu Sou a Lenda" com o Will Smith, mas até lá eles tiveram um certo cuidado na forma de elaborar cada ser.
Brad Pitt esta no piloto automático e faz o habitual herói da nação que tenta entender o que esta acontecendo com a humanidade e claro, salvar a sua família em meio ao caos.
E dá-lhe cenas manjadas de pessoas correndo pra la e pra cá, desespero fake e os infectados velocistas horríveis (no mau sentido da palavra, é claro) 
Filmes como "Madrugada dos Mortos", a franquia "REC" , os dois "Extermínio" ou a já cultuada série  "The Walking Dead" são recentes produções que dão uma repaginada na mitologia do zumbi, e são ótimos exemplos de terror em seu estado bruto.
O que vemos aqui são situações tensas isoladas,( como a que acontece dentro de um avião), e fora o meu reconhecimento quanto ao esforço da equipe técnica , "Guerra Mundial Z" faria George Romero revirar no túmulo.
Se estivesse morto é claro. rs

Compartilhar:

0 comentários:

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores