quinta-feira, julho 25, 2013

SILENT HILL: REVELAÇÃO

O LUGAR ONDE TUDO TERMINA

Antes de mais nada, joguei "Silent Hill" poucas vezes e não sou  eu que vou identificar se os filmes são fidedignos aos games. Só sei que a primeira adaptação  foi pouco memorável e nada me assustou realmente.
A trama era sobre um cidade amaldiçoada e a luta de uma mulher (Radha Mittchell) para salvar sua filha dos monstrengos que vivem por lá. 
Agora, é Heather (Adelaide Clemers) que vive sonhando acordada, tendo visões a respeito da cidade. Seu pai tenta a todo custo protege-la e assegurar que nenhum estranho se aproxime da garota.
Mas quando ele próprio some, a menina só percebe uma alternativa: descobrir onde fica Silent Hill e desvendar  seus segredos sombrios.

O fato é que "Silent Hill: Revelação" é abominavelmente ruim. 
Um roteiro capenga que não consegue prender a sua atenção em hipótese alguma e pior, só entedia.
A certa altura relevei as péssimas atuações do elenco de uma forma geral, e me concentrei nos monstros e demônios que eram o grande atrativo do primeiro.
Mas nem isso... Os monstros mais parecem aqueles bizarros e mal-feitos que enfrentavam o Jaspion ou os Changeman.  Nem as Enfermeiras e o Pyramid Head salva a produção do risível.
Espero que a insinuação de que haverá outras continuações seja uma piada de mal gosto que o pessoal quis fazer com a gente. 
Pois Silent Hill não é um lugar que eu queira visitar tão cedo!


Compartilhar:

0 comentários:

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores