segunda-feira, outubro 08, 2012

A ONDA

PODER & CONTROLE

Baseado num livro que por sua vez  se baseou numa história verídica ocorrida nos anos 60 , "A Onda" fisga o publico logo de primeira e fica cada vez mais difícil deixar de acompanhar a história até o seu desfecho.
Professor (o ótimo Jürgen Vogel) desestimulado diante da falta de interesse dos alunos à sua aula sobre Autocracia, propõe realizar uma experiência: fundam uma organização fascista denominada "A Onda", os alunos acabam participando de cada detalhe (e consequentemente o interesse aumenta a cada instante nas aulas), desde a vestimenta, passando pela ideologia defendida, ao cumprimento e o símbolo do movimento.
À principio, Reiner se orgulha do novo tipo de comportamento adotado pelos jovens, mas à medida que um pequeno grupo começa se opor as idéias do movimento, a discriminação e violência vem à tona, ocasionando problemas sérios e perigosos.
O que me fez gostar de "A Onda" é que como cinema ele funciona como um relógio suíço,  a direção de Dennis Gansel é discreta mas eficiente, o elenco todo contribui com boas atuações e que não prejudica em nada no ritmo que agradavelmente nunca deixa a peteca cair, nos mantendo interessado no que esta acontecendo.
Por outro lado o filme levanta questionamentos pra um tipo que público que pode estar da mesma maneira que os alunos de Reiner antes de começar o movimento.
No fim das contas,  "A Onda  acaba sendo um ótima junção de entretenimento e reflexão.



Compartilhar:

0 comentários:

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores