sexta-feira, setembro 30, 2011

SHORTBUS

SEXO FRÁGIL


O segundo filme de John Cameron Mitchell (sua estréia foi o musical sensacional "Hedwig") certamente não vai agradar a todos. Principalmente aqueles que se sentem ofendidos ou ficam incomodados facilmente por situações sexuais envolvidas: há cenas explicitas de sexo tanto entre casais homossexuais quanto heterossexuais, orgias, nudez frontal e closes "daquilo".

Não é um programa familiar, de maneira alguma. Mas tão pouco o filme pode ser considerado apelativo, chocante ou meramente pornográfico.
Há um roteiro tão sensível e tocante por trás disso tudo, personagens perdidos e/ou famintos por afeto que ao não conseguirem, frustrados usa o sexo como muletas, como compensação.

Sim, há muita fornicação (e muita!!! Vale ressaltar de todos os jeitos possíveis!), mas não são jogados ali para excitar. O intuito é outro, a pegada vai à contramão do prazer.
Só para se ter uma idéia, há um personagem que pouco depois de ejacular, chora aos prantos!

“Shortbus” acompanha vários casais vivendo numa Nova York após 11 de Setembro.
A cena de abertura é muito bem realizada, e já assusta quem não sabe de antemão do que se trata o filme.
Existe um casal a qual a moça não consegue ter um orgasmo, mas  ironicamente ela é uma terapeuta sexual.
Em seu consultório seus pacientes são os namorados James & Jamie, um casal gay em crise que acha que a salvação da relação é fazer urgentemente um ménage a trois , há também Severine, uma praticante do S&M, que domina seus escravos com bravura e rispidez, mas possuem uma melancolia tamanha quando está só.

Todos em comum freqüentam a boate Shotbus, um inferninho liberal que em meio a exibições de shows e filmes, serve também para prática de orgias.



Mitchell coloca estrategicamente metáforas e toques surrealistas inspirados que dão um charme a mais na produção.
Ou então o leve humor em cenas inusitadas como, por exemplo, em meio a um sexo selvagem a três, os personagens começam a cantar o hino nacional americano!

Eu gostei.
Principalmente por fazer comover quando você espera ficar somente excitado.

Compartilhar:

0 comentários:

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores