quinta-feira, setembro 08, 2011

PLANETA DOS MACACOS- A ORIGEM

A MACACADA REUNIDA



Nunca vi com bons olhos prequels, que no caso são filmes que retratam eventos anteriores ocorrido nas produções originais, geralmente contando suas origens. Há uma centena de filmes ruins, sem idéias, que mancham a reputação dos originais.

Mas não é que ultimamente esta havendo uma série de prequels que não estão decepcionando?
Nesse ano primeiro veio o excelente “X-Men: Primeira Classe”, e agora se junta mais uma interessante produção que explica o porquê das coisas: “Planeta dos Macacos- A Origem”.

Tim Burton já havia feito o remake do clássico, lá em 2001, que todos abominam e eu adoro. E desde então, a série estava estagnada.
Eis que surge a idéia de mostrar como que os macacos dominaram o nosso planeta. Afinal, se um prequel deu uma renovada no “Batman” e bem, no “Guerra nas Estrelas” então pode da certo aqui também.

E deu.



James Franco interpreta o cientista Will Rodman empenhado em descobrir a cura da doença de Alzheimer que afeta agressivamente seu pai. Os testes estão dando um ótimo resultado em chimpanzés, que além de recuperar a área no cérebro afetada, potencializam sua inteligência.

Will acaba acolhendo César ( Andy Serkis, o mesmo “por trás” de Gollum de “O Senhor dos Anéis”, realmente incrível), um filhote que possui uma agilidade e esperteza muito superior que outros chimpanzés.

Até aí, o filme lembra vagamente “Projeto Secreto: Macacos” aquele filme dos anos 80 que envolvia experiências com macacos e tal.

A rebelião em si, acontece quando César vai parar numa espécie de cativeiro. Lá, se tornando líder dos símios, via comandar a fuga.

Já perto do desfecho, há uma sensacional cena na ponte GoldenGate, e o diretor desconhecido Rupert Wyatt, demonstra equilíbrio perfeito tanto para as cenas convencionais quanto para as de ação. Impossível não ficar torcendo pela macacada na cena da ponte, os humanos acabam ficando infinitamente menos interessantes, e o que virá futuramente parece até bem merecido.

E a PETA pode dormir em paz, aquela mensagem habitual em que todos os animais vistos na produção não foram machucados , não cabe aqui.

É impressionante saber que todos os macacos vistos foram criados em CGI, tamanha perfeição, pois a certa altura os símios irreais parecem realmente reais.

“Planeta dos Macacos- A Origem” além de conseguir gerar um novo interesse na franquia, presta algumas sutis homenagens aos filmes feitos nos anos 60 e 70. Prestem atenção.

O final, claro, dá possibilidade para outras histórias! Que venham!!

Compartilhar:

4 comentários:

Jéssica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jéssica disse...

Apesar de não curtir, esse tipo de filme me parece ser diferente dos anteriores.

M. Seiler disse...

sim eu pelo memos gostei bastante! recomendo

Cinthia Camargo disse...

Rs...., esse é melhor do muitos no qual já vi e garanto odiei.

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores