sexta-feira, setembro 23, 2011

ENCONTROS AO ACASO

A MANHÃ SEGUINTE


Doce estréia na direção de Joey Lauren Adans (sumida depois que fez a Amy em "Procura-se Amy"). E a julgar por "Encontros ao Acaso" creio que essa nova profissão veio bem a calhar.

Ashley Judd (surpreendentemente real e carrancuda) interpreta Lucy. Uma mulher absolutamente comum, numa cidadezinha do interior qualquer, vivendo sua vidinha, tomando uma breja no bar, trabalhando, conhecendo homens por acaso.

Eventualmente ela acaba indo para a cama com os desconhecidos, e a manhã seguinte é mais dolorosa e vergonhosa possível, sendo que ela faz o possível para evitar contato com a pessoa, saindo sempre à francesa.

Tudo muda quando conhece Cal (Jeffrey Donovan), um sujeito adorável que demonstra querer algo realmente concreto com ela. Uma relação de verdade.
A confusão de aceitar a possibilidade de criar laços mais íntimos com alguém acaba sendo muito bem explorada por Ashley Judd.


É uma personagem dificílimo de ser fazer, Lucy sempre está tentando esconder o quanto desesperadamente quer se apegar alguém, mas incapaz de manifestar acaba sempre trocando os pés pelas mãos.
Essa incapacidade de se relacionar também se manifesta com sua família, sempre fria, principalmente com o pai.
Nunca ouvi tanta música country num filme, e nunca pensei que elas poderiam soar tão tristes e melancólicas.
O desfecho é poético e belíssimo, bem no clima contemplativo do filme.

NOTA___ 8,5

Compartilhar:

0 comentários:

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores