terça-feira, fevereiro 08, 2011

CISNE NEGRO


                                                            À BEIRA DA LOUCURA

Darren Aronofsky fez filmes memoráveis (O Lutador, Réquiem para um Sonho) e também filmes chatérrimos (Fonte da Vida e Pi).
Também não é a toa que no cartaz de "Cisne Negro" está escrito que é o mesmo diretor dos dois primeiros filmes memoráveis citados.  Chamariz para despertar a curiosidade de quem amou esses dois trabalhos especificamente ou já ouviu falar maravilhas dos dois filmes sem ter ainda visto.
Mas esta estratégia acabou não tendo muita serventia, pois antes mesmo da estréia fomos borbadeados por trailers instigantes, incriveis cartazes e expectativas subindo até a estratosfera.
Mas afinal, será que é tudo isso mesmo?
Resposta. Mais ou menos. Se for comparar "Cisne Negro" as obra-primas "O Lutador" e "Réquiem" ele perde. Digamos que se estivesse num ranking dos melhores trabalhos do diretor, este levaria a medalha de bronze.
Mas obviamente, é um incrivel filme.

Ele tem aquele quê documental de "O Lutador" e também tem um quê das estripulias visuais de "Réquiem". Ou seja um hibrido dos melhores filmes nao teria como dar errado.
Nina (Natalie Portman, espetacular) é uma travada e timida bailarina. Para interpretar a face obscura do cisne branco, ela precisa explorar e extravasar sua verve maligna e sudutora.
Natalie, utilizando uma voz franquinha e desvios no olhar, passa perfeitamente a fragilidade de Nina. Seu relacionamento com a mae é dificil e incomoda. Mas ela não consegue expor isso.
Basta ver as cenas em que ela coloca alguns obstaculos na porta do seu quarto para que sua mae a deixe sozinha com sua intimidade, que dá pra entender o porque da personalidade da bailarina.
Aos poucos notamos outra mulher, isso gradualmente ajudado por efeitos/delirios assustadores.`
Poucos filmes me deram vontade de dá uma outra olhada logo após seu desfecho.
Mas "Cisne Negro" pede isso.
E a cada visita, ele cresce e se transforma numa experiencia compensadora.   

Obrigatório!!! Nem que seja pra testemunhar Natalie Potman e Mila Kunis se atracando na cama.


Compartilhar:

0 comentários:

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores