quarta-feira, janeiro 26, 2011

FIM DOS TEMPOS

FLORESTA DO MAL

Só ouvia coisas terríveis a respeito desse filme, talvez o motivo de minha demora em conferir "Fim dos Tempos".
E não é segredo pra ninguém que desde o ótimo "A Vila" que M. Night Shymalan é malhado tanto pela crítica quanto pelo público. A cada filme que é lançado (isso incluindo o recente "O Último Mestre do Ar"), parece que virou moda falar mal das produções do indiano.
Mas gostei dele além do esperado.
Claro, há muitos equívocos e realmente "Fim dos Tempos" fica muito além do que ele poderia ser. A começar pelas interpretações terríveis.
A história é bacana e é levada naquele "jeito" mostrado nos filmes anteriores de Shymalan.
 Ou seja,  câmeras e takes que lembram filmes de arte.
"Fim dos tempos" também possui uma forte similaridade com "Sinais".
Se o fim do mundo vinha na forma de uma invasão alienígena aqui a ameça é terrena mesmo.
Depois de  pessoas cometerem suícidio em massa, alguns indivíduos percebem  o que poderia causar tal reação.
Seria alguma "substância" produzida por plantas sentindo-se ameaçadas justamente pelos seres humanos.
É incrível como o diretor com apenas uma brisa consegue injetar extrema tensão, e não fica ridículo não, são cenas de pura aflição e fazer isso é trabalho de alguém com muita habilidade.
Há cenas memoráveis e chocantes de suícidios.
Um dos  porém é o casal insosso (a sempre linda Zooey Deschanell e Mark Wahlberg) insistir em discutir a relação em meio ao caos.

Mas Gostei.



Compartilhar:

0 comentários:

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores