segunda-feira, março 19, 2007

ANTES DO PÔR-DO-SOL

AMOR SEM FIM

Existem filmes que te hipnotiza diante da força de seus diálogos, seus personagens e o amor evidente entre seus realizadores. Esta seqüência de “Antes do Amanhecer”, obtém todos os atributos citados, mas consegue chegar a um patamar impossível em ser registrado em palavras.
E é na simplicidade que mora o extremo fascínio que o filme proporciona. Nove anos atras, a francesa Celine (Julie Dephy) conhece Jesse (Ethan Hawke) a bordo de um trem. Empatia imediata e uma química rara surgiu , tornando o tempo que passaram juntos mais profundo e significativo. Mas cada um seguiu seu destino, e a promessa de que iriam se encontrar daqui a seis meses foi dita.
E “Antes do pôr-do-sol” é esse reencontro. Jesse, agora um escritor está em Paris para divulgar seu livro, Celine vai até a livraria reencontrar seu antigo afeto e desde já percebemos naturalmente o amor reciproco que sempre existiu entre eles.
Andando numa tarde ensolarada, o casal conversa sem parar, relembrando fatos, criando possibilidades e dizendo coisas belíssimas de doer.
Em plena época onde amor é confundido com prazeres passageiros ou pior da hipóteses, onde amor (no sentido real e verdadeiro, não brega e retrógrado) esta praticamente em extinção, nada como um filme para revigorar a crença quase perdida de muitos por aí.
O que torna o filme corajoso e muito especial, nesse sentido e em épocas tão superficiais.
Aqui o amor é expresso por pequenos gestos, olhares, palavras, um hesitado toque no cabelo.....
Pequenos detalhes construiu um fascinante filme.


Compartilhar:

0 comentários:

Blogs Brasil

Postagens populares

Total de visualizações

Google+ Badge

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Seguidores